A cidade dos centros excêntricos

  • Lineu Castello Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre
Palabras clave: lugar, centralidade, centros excêntricos, urbanismo, placemaking (construção de lugares), placemarketing (gerenciamento de lugares)

Resumen

O artigo traz uma particular reflexão sobre “centralidade como uma rede de lugares” urbanos. Uma decisiva variação na urbanização contemporânea é a da criação de lugares novos nas cidades –que se apresentam sob diversas configurações como shopping malls, áreas históricas reurbanizadas, complexos esportivos, cinemas multiplex, museus, bibliotecas– e que muitas vezes buscam “clonar” qualidades encontradas em outros lugares, ou que criam o que se acredita atribuir qualidade a um espaço urbano. O artigo reconhece nisso boas possibilidades para a realização de experiências existenciais humanas nas cidades, contemplando-as sob a ótica de incrementar a oferta mais rica e variada de centralidades a estimular os contatos sociais exigidos pelas sociedades contemporâneas. Para demonstrar essas possibilidades seleciona diversos exemplares de cidades que hoje contam com centros-fora-do-centro. Inicialmente são discutidos os avanços ocorridos no entendimento do conceito de lugar, abordando em seguida a persistência do conceito de centralidade e suas novas correlações espaciais. Por fim, são elaboradas considerações sobre a centralidade conformada por “centros excêntricos”.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Citas

amc Le Moniteur Architecture (2009). Le Grand Pari[s]. Consultation Internationale sur l’Avenir de la Metropole Parisienne. Paris: Groupe Moniteur.

ASCHER, François (2004). Les Nouveaux Principes de l´Urbanisme. Paris : Éditions de l´Aube.

AVERMAETE, Tom; HAVIK, Klaske; TEERDS, Hans (eds.) (2009). Architectural Positions. Architecture, Modernity and the Public Sphere. Amsterdam: SUN Publishers.

BEAUJEU-GARNIER, Jacqueline & DELOBEZ, Annie (1979). Geography of Marketing. Tradução: S.H.Beaver. Longman: Londres e Nova York.

CARMONA, Matthew; HEATH, Tim; OC, Taner; TIESDELL, Steve (2003). Public Places - Urban Spaces. Oxford (Reino Unido): Architectural Press.

CASTELLO, Iára Regina & CASTELLO, Lineu (1978). Um Estudo de Centralidade Intra-urbana em Porto Alegre para a Reavaliação do Plano Diretor. Porto Alegre: UFRGS/Proplan.

CASTELLO, L. & CASTELLO, I.R. (2011). “O Desenho da Cidade: Indisciplinado, sempre interdisciplinar”, en 9o Seminário DOCOMOMO Brasil. Brasília: DOCOMOMO.

CASTELLO, Lineu (2005). “Place” en Roger CAVES (ed.) Encyclopedia of the City. Londres/Nova York: Routledge, pp. 350-351.

CASTELLO, Lineu (2007). A Percepção de Lugar. Repensando o Conceito de lugar em Arquitetura-Urbanismo. Porto Alegre: PROPAR/UFRGS.

CASTELLO, Lineu (2010). Rethinking the Meaning of Place. Conceiving place in architecture-urbanism. Londres: Ashgate.

CHOAY, Françoise (1994) : “Le Règne de l’Urbain et la Mort de la Ville” en La Ville. Art et Architecture. Catálogo da exposição. Centre George Pompidou, Paris, pp. 26-35.

CHUNG, Chuihua; Jeffrey INABA; Rem KOOLHAAS; Sze Tsung LEONG (eds.) (2001). Project on the City 2. Harvard Design School Guide to Shopping. Colônia: Taschen.

FAINSTEIN, Susan (2001). The City Builders. Property Development in New York and London, 1980-2000. 2ª ed. Lawrence, Kansas: The University Press of Kansas.

FLORIDA, Richard (2008). Who´s Your City? How the creative economy is making where to live the most important decision of your life. Nova York: Basic Books.

PARIS, Mario (2009). Urbanistica dei Superluoghi. Esternalità territoriali, economiche e sociali dei luoghi del consumo della società post-moderna. Milão: Maggioli.

SASSEN, Saskia & ROOST, Frank (1999). “The City. Strategic site for the global entertainment industry” en Dennis JUDD & Susan FAINSTEIN (eds.), The Tourist City. New Haven e Londres: Yale University Press, pp.143-154.

SASSEN, Saskia (2001). “The Global City: Introducing a Concept and its History” en KOOLHAAS R. et al. Mutations. Bordeaux, França: ACTAR-Arc en Revê Centre d’Architecture, p. 104-115.

SHANE, David Grahame (2011). Urban Design since 1945 – A global perspective. Chichester: John Wiley & Sons.

SUDJIC, Deyan (1993). The 100 Mile City. San Diego/Nova York: Harvest Original.

WALL, Alex (2005). Victor Gruen. From Urban Shop to New City. Barcelona: Actar.
Publicado
29/11/2017